SE VOCÊ…

                                 
                     Se você precisa de alguém para ser feliz, isso não é amor.
                                                           É CARÊNCIA.

                         Se você tem ciúme, insegurança e faz qualquer coisa
                               para conservar alguém ao seu lado,
                                     mesmo sabendo que não é amado,
                        e ainda diz que confia nessa pessoa, mas não nos outros,
                                 que lhe parecem todos rivais, isso não é amor.
                                               É FALTA DE AMOR PRÓPRIO.

 

 

                         Se você acredita que "ruim com ela(e), pior sem ela (e)", 

e sua vida fica vazia sem essa pessoa; 

                    não consegue se imaginar sozinho e mantém um 
                   relacionamento que já acabou só porque não tem vida própria 

existe em função do outro – isso não é amor.
É DEPENDÊNCIA.

 

 

Se você acha que o ser amado lhe pertence;
sente-se dono (a) e senhor(a)de sua vida e de seu corpo;
não lhe dá o direito de se expressar, de ter escolhas,
só para afirmar seu domínio, isso não é amor.
É EGOÍSMO.

 

 

Se você não sente desejo; não se realiza sexualmente;
prefere nem ter relações sexuais com essa pessoa,
porém sente algum prazer em estar ao lado dela, isso não é amor.
É AMIZADE.

 

 

Se vocês discutem por qualquer motivo;
morrem de ciúmes um do outro e brigam por qualquer coisa;
nem sempre fazem os mesmos planos;
discordam em diversas situações;
não gostam de fazer as mesmas coisas ou ir aos mesmos lugares,
mas sexualmente combinam perfeitamente, isso não é amor.
É DESEJO.

 

 

Se seu coração palpita mais forte; o suor torna-se intenso;
sua temperatura sobe e desce vertiginosamente,
apenas em pensar na outra pessoa, isso não é amor.
É PAIXÃO.

 

 

Agora, sabendo o que não é amor, fica mais fácil analisar,
verificar o que está acontecendo e procurar resolver a situação.
Ou se programar para atrair alguém por quem sinta
carinho e desejo; que sinta o mesmo por você,
para que possam construir um relacionamento
equilibrado no qual haja, aí sim,
O VERDADEIRO E ETERNO AMOR.

 

 

(Augusto Schimanski – 1928/1973)

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

4 respostas para SE VOCÊ…

  1. Michelle disse:

    Oi tudo bom? lu que lindo beijos no coração…te amo muito…

  2. cidokinha disse:

    Ola Lucia
    andei meio sumida por falta de tempo
    mas nao me esqueci de voce
    linda essa entrada!!!! que capricho!!!
    bjim

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s